Trabalho

Trabalho do 2.º Escalão

EB 2,3 São João de Deus (MONTEMOR-O-NOVO)

Na Eco- Escola EB 2,3 S. João de Deus de Montemor-o-Novo, é um hábito adquirido trabalhar com materiais reutilizáveis. Mais do que num concurso, é uma regra que se pretendeu incutir em toda a comunidade escolar.
A participação no concurso “ Sim, criar uma árvore dá frutos, foi mais um incentivo para a prática de atitudes ambientais, visando a educação e a sustentabilidade de recursos.
Depois da candidatura da escola, procedeu-se à divulgação de informação, através da página electrónica da escola, placard Eco-Escolas, Biblioteca Escolar e aos professores de Educação Visual e Educação Tecnológica.
O trabalho foi desenvolvido pelas turmas E e F do 5º ano e G do 6º ano, sob a responsabilidade das professoras Ana Rosa Bravo e Vera Oliveira.
Os alunos envolvidos revelaram bastante interesse e empenho no desenvolvimento do projeto bem como uma sensibilização para os problemas relativos ao meio que os rodeia, partindo deles a intenção de colocar posteriormente para reciclagem o trabalho em questão, depositando-o no ecoponto amarelo.
Todos alunos realizaram um projeto individual, procedendo simultaneamente à recolha das embalagens Tetra Pak da Compal, sendo escolhido o projeto que serviu de base para a construção da árvore que apresentamos.
Dentre as mais variadas, originais e criativas ideias, surgiu uma árvore cuja estrutura tem a forma de uma espiral. Foi de imediato aceite por todos pois, a espiral é um símbolo de evolução e de movimento ascendente e progressivo que está associada à água e à vida.
Associando outros conhecimentos de geometria, os alunos apostaram em construir os frutos utilizando formas geométricas.
No fundo associamos num único objeto (a árvore) a sua ligação á Terra, através da geometria ” medir a Terra”, e realçando a sua simbologia “ a árvore é um emblema que reúne todos os elementos, a água que circula na sua seiva, a terra que se integra através das suas raízes, o ar que lhe nutre as folhas, a copa e os galhos que alcançando as alturas recebem a luz do sol.
É uma das maravilhas do nosso planeta que todos temos de proteger!
O importante também foi o facto de a sua construção implicar custos reduzidos, já que foi construída com Tetra Pak, contribuindo assim a redução e reutilização de resíduos, implicar a participação da família e levar os alunos a olhar de maneira diferente sobre o que os rodeia, fazendo-os sentir que se pode dar vida, ao que se pensava já não ter vida.


Leave a Reply