Trabalho

Trabalho do 2.º Escalão

Escola 2,3/S de Penacova (Penacova)

PROJETO
Na discussão das ideias, com alunos e docentes, para a criação de uma árvore de acordo com as regras do concurso, nasceu a ideia de criar uma árvore simples onde o uso das embalagens Compal fosse evidente. Decidiu-se que a árvore seria construída com as próprias embalagens Compal como se estas fossem peças de Lego. Se a principio se pensava pintar tudo, depois decidiu-se que o colorido dos frutos das embalagens Compal era já alegre e atrativo, não sendo por isso necessário usar tintas. Transmite-se assim a ideia que a própria embalagem Compal comunga com a Natureza.

MATERIAL
O material utilizado foi o seguinte: duas peças de madeira para criar, juntas, o pé da árvore; 49 embalagens Compal intactas, com respectivas tampas de plástico e insufladas de ar; outras 20 embalagens desmontadas para revestir o tronco da árvore e recortar os frutos e símbolos FSC; ráfia de cor natural para pendurar os frutos; cola quente (e pistola de cola quente) para unir as embalagens; pregos e martelo para afixar as embalagens à madeira.

INTERVENIENTES
Os intervenientes na elaboração da árvore foram os alunos do Clube da Floresta -PROSEPE alunos da turma B do 5º ano, e dois alunos NEE CP da Sala Arco-Íris. Ainda colaboraram, coordenando, os docentes coordenadores do PROSEPE, docentes de EV, EM e um docente de Educação Especial. Vários elementos da comunidade escolar colaboraram entregando embalagens Compal usadas para serem usadas na concepção da árvore.

PROCESSOS E METODOLOGIA
Em termos de procedimento, tudo começou pela criação de uma base em madeira, para o que se pediu ajuda aos funcionários da escola no transporte de um pedaço de madeira. De seguida os alunos revestiram o pedaço de madeira com o papel das embalagem Compal usando pregos e martelo.

Enquanto este processo decorria, os alunos do 5º ano, com os professores de EV, estavam a recortar embalagens da Compal para fazer frutos de formas variadas. Foram feitos 19 frutos, cada um deles composto por três peças coladas entre si de modo a formar um fruto com três dimensões.

Depois dos frutos constituídos foi necessário criar o pé do fruto através do uso de pedaços de ráfia que eram inseridos no veio central da peça e colados com cola. Seguidamente foram colados em cada fruto os rótulos (recortados a partir das embalagens) com o símbolo FSC.


Leave a Reply